Entendendo a música - Pioneers - Ali Button




No folclore jamaicano, Alli/Ali Button é uma pessoa que trabalha por uma remuneração muito pequena e frequentemente é explorado pelos empregadores.
Em alguns lugares também são conhecidos como "Cunnu Munnu" (Simpleton).
Nesta música, os Pioneers abordam questões sociais no contexto jamaicano com crenças em bruxarias e magias negras. Interpretam a exploração como uma forma de maldição lançada sobre alguns indivíduos.
A música começa com o verso
See dem a galang deh ( See dem dem dem, se de dem a galang deh)
Alli Alli Button a wuk fi nutten.
But when dem done, dem a gwan like supp'n de pon dem.
Dem tyle (toil) so hard, duppy de up a yard."
Aqui ele fala sobre um aparente feitiço lançado sobre eles.
"Supp'n de pon dem" sugere uma espécie de Duppie, uma palavra do patoá jamaicano, originária da África Oeste, que significa fantasma ou espírito.
Grande parte do folclore do Caribe gira em torno dos duppies. Os Duppies são, geralmente, considerados espíritos malévolos.
Na cultura Jamaicana, acredita-se que uma pessoa possui duas almas - uma boa alma e uma alma terrestre.
Na morte, a alma boa vai ao céu ser julgada por Deus, enquanto o espírito terrestre permanece durante três dias no caixão de defunto com o corpo, onde ele pode se tornar um Duppy.
A figura Duppy era muito forte entre um dos mais místicos jamaicanos, Lee Perry.
Reza a lenda que Bob Marley queixava-se ao mago de que a fama atraia muitos sanguessugas. Lee Peery o consolou dizendo "somos conquistadores de duppies." Bob então passou a escrever "Duppy Conqueror".
Vários outros artistas jamaicanos registraram canções que se referem a Duppies, como Bunny Wailer's em "Duppy Gun", Derrick Morgan em "A no Duppy", Ernie Smith's "Duppy Gun-Man" e a clássica Duppy Jamboree, um poema jamaicano interpretado por vários artistas, entre eles Byronn Lee & The Dragonaires.
Fonte: The Pioneers: First Book of Proverbs and Social Commentary in and of the Songs

Lloyd Parks tem álbum raro relançado com faixas inéditas

Lloyd Parks está de volta com álbum novo.

Depois do álbum Fix it Back, de 2014, com músicas inéditas, e o Time a god Dread em 2016, o ex vocalista do grupo de rocksteady Termites tá de volta.

Dessa vez trata-se do relançamento do álbum Meet The People.


Gravado no estúdio de Joe Gibbs e lançado em 1978 apenas na Jamaica, o trabalho teve poucas cópias, o que logo se tornou um material raro.


Agora, a gravadora Pressure Sounds relança o tão procurado álbum em sua forma original no vinil, com oito faixas, e um CD com seis Bônus de versões.


Para quem se interessar, temos a playlist com trechos dos sons.