Pioneers se apresenta na Jamboree especial 10 anos!

Banda jamaicana Pioneers realiza apresentação única em São Paulo
Grupo formado ainda na década de 60 apresentará mais de cinco décadas de música jamaicana.


George Dekker, Sidney Crooks e Jackie Robinson
Um dos mais emblematicos e bem sucedidos trios vocais da música Jamaicana, The Pioneers, foi formado em 1962 pelos irmãos Crooks e Winston Hewitt.

Porém, somente em 1968 - após trabalhar com diferentes produtores e trocar diversas vezes de integrantes - foi que o grupo alcançou sucesso por toda Jamaica e Inglaterra com o mega hit “Long Shot”(gravado no estúdio do produtor Joe Gibbs, mas produzido pelo então desconhecido – como produtor – Lee Perry).

A fama veio com a nova formação, composta por Sidney Crooks, Jackie Robinson e George Dekker, meio irmão de outro grande nome da música Jamaicana, Desmond Dekker.

Com esse time, o trio emplacou uma série de hits em 1969, com destaque para “Samfie man” que além de vender milhares de cópias, permaneceu entre os 10 hits mais tocado das radios Jamaicanas e Britânicas por três meses, entre julho e setembro.

Anos 70

Com todo sucesso do fim da década de 60, o grupo, logo no ínicio de 70, foi convidado para extensa turne por toda Inglaterra e Canada.

Nos anos seguintes, o trio continuou com grande destaque entre a audiência Inglesa, ganhando maior visibilidade com hits como “Let be your yeah, yeah”“Give and take” e “Papa was a rolling stone” (Cover do grupo de Soul The Temptations).

Os Pioneers seguiram em turnê mundial durante a década de 70 com novos álbuns,  como a obra-prima de 1978, “Pusherman”, clássico até hoje cultuado entre os fãs de Reggae em todo o mundo.

Também exploraram ritmos como Soul, Funk e Disco music em discos experimentais, como o magistral”Feel the Rhythm” de 76.

Anos 80

Nos anos 80 o grupo acabou se separando definitivamente e seus integrantes seguiram carreira solo.

A influência dos clássicos sons dos Pioneers foi de extrema importância para outro estilo musical surgido na Inglaterra, o 2-tone, movimento revival da música Jamaicana lançado por grupos Ingleses como Specials e The Beat que gravaram, respectivamente,” Long Shot” e “Jackpot”. Ainda na década de 80, a banda UB40 regravou a clássica faixa “Starvation” em prol do combate a fome na Etiópia.

Atualidade



No ano de 2005 o grupo se reuniu novamente para um show no festival Roots Reggae em São Luis do Maranhão, mas novamente se separaram. Atualmente Jackie Robinson&George Dekker seguem fazendo shows em diversos países mundo afora e também participam de grandes festivais como o Rotonton Sunsplash na Espanha.

Assim, o dueto mantém viva a memoria de mais de 50 anos de carreira, com mais de 10 albuns lançados e dezenas de hits.


 


DISCOGRAFIA SELECIONADA

Singles:

The Pioneers – Long Shot Kick the bucket (1968)
The Slickers – Nana (1968)
Soul Directions – Su su su (1969)
The Pioneers – Poor Ramses (1969)
The Pioneers – Starvation (1970)
The Pioneers – Let Be your teah be yeah (1971)
The Pioneers – You don’t know like I know (1972)
Sidney, George and Jackie – Papa Was a Rolling Stone (1973)
Sidney, George and Jackie – Reggae Fever (1974)
The pioneers – Nosey Parker (1974

Albuns:

The Pioneers – Longshot (1969)The Pioneers – Battle of Giants (1970)
The Pioneers – I’m gonna knock on your door (1974)
The Pioneers – Feel The rhythm (1976)
The Pioneers – Pusherman (1978)


Pioneers Meets You&Me - Jamboree 10 anos!


2016 está repleto de datas especiais para nós. Completaremos 11 anos de Jurassic Sound, 9 de Jamboree e 10 anos de You&me Crew. 

Para celebrar esses números, traremos uma vacina importada e inédita pra você que sempre sofreu com a febre do Reggae.

**THE PIONEERS**

O lendário trio vocal formado por George Dekker, Jackie Robinson, Sidney Crooks(hoje fora do grupo), vem a São Paulo para apresentação única, na primeira JAMBOREE especial de 10 anos.

A banda de apoio será ninguém menos que os Leões de Israel, que irão acompanhar Jackie e Geroge nos mais diversos hits de 50 anos de carreira, como Long Shot Kick the Bucket, Reggae Fever, Foey Man, Pusherman, Papa was a rolling stone, e várias outras pedradas!

Desta vez o baile rola ali na Vila Madalena, mais precisamente no Estúdio(antigo Emme), uma casa mais ampla e com estrutura mais adequada pra receber show classe desses!(Casa da Luz continua sendo nossa residência para bailes que contemplem apenas discotecagens)

Como de costume, a vibe começa às 23h do sábado, na pista o sound system dos irmãos da High Public irá amplificar nossas discotecagens a base de muito Ska, Rocksteady e Reggae, além de toda aquela bagunça com categoria e sabedoria que só a Jamboree lhe oferece há tantos anos ♥

Então estamos conversados: REGGAE FEVER IS GOOD!


**Jamboree especial 10 anos - Pt.1**

Jurassic soundsystem @ Pista
The Pioneers(Jamaica) @ Palco

Estúdio
Rua Pedroso de morais 1036 - Vila Madalena
12/03 - Sábado
23h
30 antecipado ( http://bit.ly/1QHrTs9 ) - Limitados!
40 lista (festajamboree@gmail.com)
50 porta

*Aceitamos cartão de débito e crédito.
*Para os que forem de carro a casa possui valet na porta.
*Metro mais prox. Estação faria lima

- Arte por Pedro Pinhel -


Podcast You&Me - Bob Marley


Provavelmente Bob Marley foi o artista mais incompreendido da Jamaica.

Lhe deram títulos, frases, cargos, coroações e até lhe fizeram um líder pacifista espiritual! Enquanto ele só queria ser reconhecido pelo seu talento, pela sua música(assim como diversos outros jovens que nasceram nas pobres e violentas favelas Jamaicanas…).

Aos invés disso sua musicalidade foi esquecida e deixada de lado por boa parte do mundo que venera o “Ghandi Jamaicano” que no ápice de sua loucura assumiu o personagem que o tanto lhe fez mal(afinal todo estresse e mandamentos desse lider espiritual culminaram em sua morte), sim mal pois e seu leito de morte ele renegou tudo e voltou a ser um simples “jovem cristão” como a maioria de sua época, como a maioria Jamaicana.

Músico, compositor, produtor de 1°, Marley era o tipico jovem de Trenchtown que no inicio de 60 deu inicio ao seu sonho musical que terminou brevemente em 80 com sua morte por câncer… Um rudeboy Jamaicano que pra boa parte do mundo não passa de um punhado de frases bonitas ou de um “chapado” pregador da paz e amor…

Y&M APRESENTA: PODCAST ESPECIAL BOB MARLEY


DOWNLOAD
Antes de tudo: a Jamaica não fica na África!

E tem mais: só 10% da Jamaica é rastarafi!

E quer saber? você não precisa fumar maconha pra gostar de reggae!

Além do que: quando você ouve Bob Marley, você já parou pra pensar que existem outros músicos na Jamaica além dele?

Se você veio parar aqui esperando encontrar um ambiente “chapado”, cheio de Bob e bicho-grilisse, você veio pro lugar errado.

A Jamaica é um país com uma das culturas musicais mais ricas e belas do mundo. Seria um desrespeito se a gente não a levasse muito a sério.

Um exemplo rápido pra você entender melhor: você sabia que existem mais de 300 estúdios naquela ilhota? Pois é. São tantos músicos, histórias e lendas, que a gente decidiu criar um blog pra falar somente dela.

A partir desse blog e do público surgiu a realização de sonhos inimagináveis como trazermos ao Brasil lendas como King Stitt, Dennis AlCapone, Jackie Bernard, Ska Professor entre outros.

Partilhamos do amor que temos à música jamaicana e convidamos você a conferir nossas histórias. 

Clique no link abaixo e confira os mais diversos temas musicais que a Jamaica tem a oferecer!

Conheça os maiores vencedores dos famosos festivais na Jamaica - From 'Bam-Bam' To 'Cherry Oh! Baby'


A década de 60 na Jamaica foi marcada por um boom de produções que fizeram a identidade musical da ilha e seu mercado fonográfico.

Fervilhavam artistas, cada um em busca de seu lugar ao sol. As competições musicais existentes indicavam qual seria o próximo sucesso.

Na segunda metade daquela década, o governo jamaicano começou a promover festivais e concursos músicais para achar novos talentos. As finais eram realizadas em Kingston durante a semana da independência.

Esse disco traz os vencedores do "Jamaican Festival Contests" desde seu ínicio, em 1966, até 1972, ano do lançamento desse álbum. Tirando os sete vencedores de cada ano, o disco ainda traz mais três artistas que não chegaram a ganhar um festival, mas que hoje em dia são clássicos exemplos do período em que o reggae na jamaica ainda engatinhava.

1966 - O primeiro festival acontece. A vencedora foi a música de abertura desse álbum, "Bam Bam", feita pelo "Rei do Reggae" (não Bob Marley), e sim Toots & Maytals.


Liderado pelo brilhante cantor Frederick 'Toots' Hibbert, o responsável por introduzir a palavra Reggae como sendo um estilo de música, e com o apoio de backing vocals de Henry Gordon e Jerry, o grupo começou a gravar em 1962 para o produtor Coxsone Dodd. No final de 1964 começaram a trabalhar para o Byron Lee. Foi o gênio da música jamaicana com seu grupo The Dragonaires que produziu e gravou essa música vencedora do festival de 1966, Bam Bam, com Toots & Matals!








1967, foi a vez da belíssima 'Ba Ba Boom' do grupo de rocksteady 'The Jamaicans'









1968 - Nesse ano foi a vez de Desmond Dekker com a música 'Intensified' que tornou-se o primeiro lugar, batendo o Toots & Maytals, que ficaram em segundo lugar com a música "Bim Today"









1969 - Toots & Maytals ganha pela segunda vez com a música "Sweet and Dandy"








1970 - Hopeton Lewis fatura a primeira posição com a "Boom Shacka Laka", feita pelo produtor Duke Reid.








1971 - Um dos maiores sucessos desses festivais, responsável pela venda de mais de 400 mil cópias. A vencedora do ano foi Cherry Oh! Baby do cantor Eric Donaldson. Durante a performance desse som no festival, o que se ouvia era o som da platéia em uníssono cobrindo a voz de Eric Donaldson. O Cantor seria ainda o vencedor de mais 2 festivais, um em 1977 com a música "Sweet Jamaica" e no ano consecutivo com o som "Land of My Birth", conseguindo o tri campeonato, e igualando-se ao rei Toots & Maytals que ficou com a marca durante cinco anos.








1972 - The 'King', Toots & Maytals consegue um feito inédito para a época e vence pela terceira vez o festival. Nesse ano foi a música "Pomps & Pride", produzida por Warrick Lyn que ganhou o concurso.








A músicas "Da Da" do Junior Byles chegou a concorrer em 1972, mas não conseguiu vencer.








Outro som bacana, e raro, é o do Billy Dice, um dos integrantes do The tennors, com a Unity is love. Chegou a concorrer no ano de 72. A melodia é bem linda.








E para ilustrar esse clima de festival, Derrick Morgan com Festival 10.









a1 Toots & The Maytals - Bam Bam
a2 The Jamaicans - Ba Ba Boom
a3 Desmond Dekker & The Aces - Intensified
a4 Toots & The Maytals - Sweet & Dandy
a5 Hopeton Lewis - Boom Shacka Lacka
b1 Eric Donaldson - Cherry Oh Baby
b2 Junior Byles - Da Da Da
b3 Toots & The Maytals - Pomps & Pride
b4 Derrick Morgan - Festival 10
b5 Billie Dice - Unity Is Love